"Paris versus New York - a tally of two cities"

Posted by por: catnog | Posted in , , | Posted on 11/17/2010 01:54:00 da tarde

Pelo designer francês Vahran Muratya.


Tens calendário para 2011?

Posted by por: catnog | Posted in , , | Posted on 11/17/2010 02:55:00 da manhã

A Fedrigoni UK lançou o calendário de mesa que se segue, projectado por Paulo Betowski, que vai buscar inspiração ás famosas bonecas russas, as Matryoshkas.
Um calendário com uma paleta de cores simpática e muito arrumado!
Gostei!!!
Quero.

Esculturas a 5400 frames por segundo

Posted by por: catnog | Posted in , , | Posted on 10/26/2010 12:42:00 da manhã

A equipa da Dentsu em parceria com o bioquímico e fotógrafo Linden Gledhill, para o anúncio da impressora PIXMA, da Canon, criaram a partir de ondas sonoras, poesia visual, verdadeiras esculturas de cor.
Com recurso a um altifalante e um balão esticado, com algumas gotas de tinta sobre o mesmo, conseguiram o efeito fantástico que se segue!  
Foram dadas várias hipóteses ao aleatório, desde a frequência do som, combinações de cores e volumes para esculpir com as cores.
O processo é simples e foi registado por uma câmara a altíssima velocidade, 5400 frames por segundo.



Canon Pixma Sound Sculptures from Dentsu London on Vimeo.

600 anos 'de torre'...

Posted by por: catnog | Posted in , , , , , | Posted on 10/22/2010 12:15:00 da manhã

A empresa The Macula para comemorar o aniversário do Orloj (a torre que se segue), em Praga, recriaram os 600 anos de história da torre, projectando sobre ela muitos efeitos especiais!
O efeito é fantástico!


The 600 Years from the macula on Vimeo.

A nova loja Apple em Shanghai

Posted by por: catnog | Posted in , , | Posted on 10/21/2010 03:53:00 da manhã




Oh tio Jobs!!!
Vejam só o luxo da simplicidade da nova loja da Apple em Shanghai, e digam lá que não se andam a superar de dia para dia!
Mas por acaso dá para resistir a esta 'maçã'?
Como poderia ser possível ela não ter uma 'trinca'?
;)

Where good ideas come from

Posted by por: catnog | Posted in , , , | Posted on 10/13/2010 01:48:00 da manhã

Um misto de 'fine art' e grafitti...

Posted by por: catnog | Posted in , , | Posted on 10/13/2010 12:22:00 da manhã

Belo trabalho o do Russ Mills!!!


























Biscoitos bem embrulhados

Posted by por: catnog | Posted in , | Posted on 10/12/2010 02:10:00 da manhã

A Crabtree & Evelyn, mandou redesenhar as embalagens dos seus biscoitos ao atelier Smith & Milton.
O resultado final é o que se segue.
Mas surge-me uma dúvida: Serão as pessoas capazes de deitar as embalagens fora após devorar todos os biscoitos?
Eu não teria coragem!
Não precisarei de dizer que acho as 'latinhas' lindas...

Satatório, um abandono profundo...

Posted by por: catnog | Posted in | Posted on 10/05/2010 02:28:00 da tarde

Projectado pelo arquitecto Cottinelli Telmo, na década de 20 para a CP,
o Sanatório dos Ferroviários, albergou durante mais de 40 anos doentes de tuberculose. 
Passou por diversas mãos, e fechou as suas portas em 1969. 
Após o 25 de Abril, e devido à falta de alojamento, serviu de residência temporária aos retornados e refugiados das antigas colónias, e desde os anos 80, sensivelmente, foi palco para as mais diversas festas.
Um dos projectos para o imóvel seria uma Pousada de Portugal pelo arquitecto Souto Moura.
Qual será o desfecho?


Faz precisamente quatro anos, que fui pela primeira vez ao Sanatório (dos ferroviários), nas Penhas da Saúde/Serra da Estrela.
Regressei a semana passada, onde pude constatar as metamorfoses que surgiram entretanto nesses quatro anos.
As janelas foram todas retiradas, assim como algum gradeamento, algumas pedras, já pouco resta do telhado, os sinais de vandalismo são em maior número e há stencils aqui e ali.
Lembro-me quando era pequena, nos passeios à serra com os meus pais, de passar pelo Sanatório, e de achar que era uma 'casa assombrada', tal era a monstruosidade da construção e a degradação do edifício. Achava estranho como é que um edifício tão grandioso, tão bonito, tinha chegado aquele ponto de degradação, ao abandono. 
Mais tarde, como disse à quatro anos atrás, na companhia da minha avó (a eterna e querida companheira dos meus devaneios) e da Andreia, fui visitar a dita construção e fiquei fascinada!
Já estava a anoitecer, a minha avó esperava no carro, e recordo-me de eu e a Andreia andar-mos por aquelas salas e corredores a medo, mas completamente fascinadas com aquilo que observava-mos. 
(com muita pena não tivemos acesso a todos os pisos)
Tirei fotografias dessa minha primeira expedição e são algumas delas que vos deixo hoje aqui...

Passam as gentes, as marcas ficam!



Repousam serenas na memória dos ventos


Contam a sua história de Vida e de Morte...


Mas também aqui o Tempo Não perdoa...


E do esquecimento faz sua a coroa!


O momento captado, roubado ao tempo, esse permanece...


Tudo o resto, esquece!


Essa é a sua Sorte,


Seu Destino,


Seu Fado.


Ter sido...ter estado!